segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

serpente

guarda tua flauta e
grito, engole sopro
e faca

:
a serpente de versos
descansa
no balaio da boca


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário