domingo, 16 de outubro de 2016

poesia oral

co'a mão atada escrevo
<o poema>

enquanto você me fode
<o verso>

ainda melado de cuspe
<o seu cuspe>

ainda melado do verso


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário