domingo, 7 de junho de 2015

inverno

faminto ele
suga meu seio
           vazio
           em vão
           todas as palavras secaram

no inverno
só os ossos
       sobrevivem


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário