segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

aquário

não sei como esses peixes me brotaram dentro
mas fato é que tubarões filhotes comem uns aos outros antes mesmo
de nascer
por isso meu útero assim
retalhado

algumas vezes coloco o escafandro e desço
mil pés
abaixo do nível do mar
e fico lá flutuando entre as ruínas do ventre

algumas vezes não volto nunca mais

rasgo
o uniforme da Cia de Perfuração Maríntima
e me encolho, nua, entre uma âncora
enferrujada e o leme vestido de coral

e permaneço ali
assim: molusco enquistado

me gestando
               pra sempre



.


Nenhum comentário:

Postar um comentário