terça-feira, 25 de novembro de 2014

roçado branco

leva meus olhos pra passear pelos teus
verdes
                              campos de milho
pra tomar chá no inverno de tua barba
dourada

lava minha boca com a sagrada cerveja
da tua

e roça minha pele pra receber os grãos
com teu arado
de unhas
roídas

toma-me, cigarro de palha, entre dedos
e tenta
                         em vão                                    
                                             conter-
me
mingau
queimada

Nenhum comentário:

Postar um comentário