segunda-feira, 17 de novembro de 2014

cientista

se eu fosse cientista eu inventaria um simulador de céu com essas nuvens fofinhas no horizonte que a gente vê quando está voando acima delas. colocaria também um pouco de infinito. de diferente: as nuvens seriam densas para se pular sobre elas, cair deitado, rolar e rir. penso na possibilidade de serem comestíveis, mas ainda não me decidi. eu seria a primeira a testar o simulador de nuvens portátil e convidaria você para estar lá comigo. seria a primeira vez que nos encontraríamos, a sós, no infinito... no infinito fofo de nuvens... seríamos somente eu, você e o controlador por detrás das paredes camufladas de azul. (é... porque sempre tem um controlador, disfarçado de natureza, controlando nossas tempestades)


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário