sexta-feira, 26 de setembro de 2014

capitulo 67

é claro que deu merda

deu merda pra todo mundo e talvez tenha sido mesmo eu
a única culpada

acontece que tava bom pra nós
pelo menos eu achava que tava

pra mim parecia que nós três estávamos respirando melhor
depois que ele chegou
e passou a frequentar
meus mares de dentro

nunca me faltava oxigênio
mesmo quando fazíamos aquelas peripécias todas na jaula
do globo
da morte
vivíamos
mais
felizes

sempre uma brisa fresca
um sorriso alegre
depositado na conta do travesseiro

ele me fazia bem
com seus pés alados

mas aí ele resolveu
que nós dois éramos nós
sem ele
sem ela

e minhas asas murcharam


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário