segunda-feira, 15 de setembro de 2014

capítulo 16

adivinhosa

ela tinha cheiro de baunilha e chupava sorvete com os dedos

mas era inverno e sorvete, frio demais pra aquecer a língua
enrigecida e acorrentada
no silêncio

eu tava numas de academia: ler na esteira me deixa com tesão
de escrever

meus dedos tamborilam no controle
remoto

os dela, entretidos com outra coisa

'preparo um chá de sálvia e vemos um pouco de tv'
'prefiro coca... gelada'

ríamos das minhas meias: duas aspirantes à alegria

duas carreiras de fogo branco esticadas sobre a mesa

sinos tocam no meu peito

'perto de você eu queimo'


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário