sexta-feira, 25 de julho de 2014

escuros

numa noite sem lua
num fundo de poço
no sono sem sonho
nos teus olhos
              fechados

é sempre no escuro q'eu clareio mais.


.


Nenhum comentário:

Postar um comentário