domingo, 1 de junho de 2014

veio

sementes peregrinas
no vento de um veio

no canteiro calcinado dos meus olhos
brotam duas pupilas
                 exóticas


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário