segunda-feira, 2 de junho de 2014

outonais

há tempos não lhes regam chuva
abandonadas nos canteiros outonais
pupilas queimam


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário