quarta-feira, 30 de abril de 2014

garça

unhas 
plantadas 
aos pés dos dedos 
choram coceiras que não têm 

unhas
exiladas
catam letras 
palavra por palavra
roçando a pele do computador 

difícil a vida errante das unhas 
elas sofrem

e entregam-se
sem resistência 
à fome devoradora dos dentes


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário