segunda-feira, 17 de março de 2014

engenho e arte



a poesia tem língua própria
nômade e estrangeira
vagabunda
dançatriz
errante
viva
oral

oral
viva
errante
dançatriz
vagabunda
nômade e estrangeira
a poesia tem a sua língua

   imprópria

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário