quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

cotidiano

eu tenho tentado comer alface, beber água, olhar pra cima à janela, ler algum livro sem bocejar, assistir novela com meus pais, sair de casa, ir ao cinema, ao supermercado, ao banco. eu tenho tentado matar o dragão, empunhar uma espada, cantar, beijar a lua, ouvir as estrelas, estar com pessoas, deixar as pessoas estarem, tenho tentado gostar de alguém, tenho tentado deixar que me amem, que me beijem, que conheçam meu corpo, tenho tentado acordar meu corpo, não usar esporas, cortar as unhas, aparar espinhos, tenho tentado tomar remédio, dormir nua, me embebedar, fumar maconha, não parar no meio do poema, escrever algo bonito, não escrever nada, não escrever cartas bestas, ficar longe, estar perto, não me render, me entregar, não me magoar com o piano dissonante empenhado em roer meus ouvidos. eu tenho tentado. algumas vezes consigo. outras, tenho tentado abandonar. não consegui. nenhuma vez.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário