terça-feira, 7 de janeiro de 2014

poética

enfastia-me
terrivelmente a grandiloquência

gosto mesmo é das palavras rasteiras
dessas que nem as sabemos palavras

que se multiplicam coladas à terra
ali rente à bosta dos animaizinhos

gosto das palavras
que nos põem de joelhos
para sentir-lhes o aroma


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário