terça-feira, 10 de dezembro de 2013

virgílio, vigília

da tua língua vê-se o mar

dos meus olhos, o silêncio
 

dessa tua língua
                    águia 
                         altaneira




.

Nenhum comentário:

Postar um comentário