terça-feira, 24 de dezembro de 2013

te penso

nos vãos
   da evidência
       dos cálculos
           das equações
                da matemática
tua presença-ausência
prova inquestionável
de pura
poesia


.

[fnpvvqeoma]

.


Nenhum comentário:

Postar um comentário