quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

ombros

se meu amor tivesse
asas
pousaria-as
sem pressa
sobre teus ombros

descansaria
sobre ele o peso
dos dias calados

e sopraria
à altura dos ouvidos
um silêncio de amor

vento afiado cortando lascas de ossos

se meu amor tivesse
asas
pousaria-as
sem pressa
sobre teus ombros


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário