terça-feira, 26 de novembro de 2013

por onde ando

a estrada me deu
os melhores poemas

nudez d'um corpo infinito
percorrido sobre rodas sempre
em movimento sempre
em movimento
para
além de um além constante
incansável desafio da continuidade

sempre adiante sempre
adiando

deixo na estrada
o que é da estrada


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário