domingo, 17 de novembro de 2013

lontra

uma lontra
assobiando na beira do rio
pernas cruzadas sobre o ócio
submersa em úmidos pensamentos
relógio biológico acertado no ponteiro do tempo

rara lontra
solitária, esperando a noite encharcada de chuva chegar

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário