quarta-feira, 27 de novembro de 2013

hereditariedade

o amor
é uma coisa hereditária

a gente nasce com ele pregado em algum canto do corpo
uns mais azuis, outros mais curvos, alguns negros, outros geométricos
eu gosto dos geométricos, mas...

herdei o amorondulado
conformado em cacho
concentrado e pélvico
profano de mãe & sonata de pai


um tipo de amor difícil de controlar
mas de bom trato em carne e óleo de girassol

sem dúvida um amor que só se realiza sob boa, muito boa
embocadura


.




Nenhum comentário:

Postar um comentário