sexta-feira, 1 de novembro de 2013

fome, cabelo & unha

a fome me encanta
e quando eu falo de fome é dessa fome que rosna maliciosa
no meu estômago-útero
            orgão deslocado,
                      tresloucado,
                      exilado da boca
                      
porque quando eu falo da boca não falo da boca que fala
falo dessa outra boca
boca curiosa de só ouvir e cuspir insanidades
boca que se retorce louca e silencia aguada
boca sem dente de mordedura delicada
enfim eu falo da boca que só come se quer comer
                                        só come o que quer comer
                                        mas que tem fome
                                                            e engole



.

Nenhum comentário:

Postar um comentário