terça-feira, 26 de novembro de 2013

contemporâneos

nenhuma moldura
nos cabe
a nós
que somos do chão
nem os batentes seguram


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário