quarta-feira, 6 de novembro de 2013

casamento

eu queria me casar no deserto
dunas, bancos de areia e uma brancura sem fim
vestindo tudo como um longo véu de noiva
o sol com seus holofotes
além do vento, é claro, uma ventania danada
levantando chuva de arroz dourado

eu, uma rainha síria
pés afundados na areia
sentada sobre os ossos de um tubarão

ao longe uma miragem:
a promessa de oásis
e uma garoa fina se escondendo na pele


sim
como eu queria me casar com o deserto


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário