sábado, 9 de novembro de 2013

lenhosa

ah qual pássaro
que nada!

meu nome é mulher
não tenho pena de ninguém

se pássaro fosse
estaria de bico calado

mas meu nome é mulher
e falo
falo do alto do meu edifício

porque o meu nome
o meu nome é mulher
e a minha língua é lenhosa

constrói casa, chalé, móvel
até um piano
minha língua já construiu

sou artesã da palavra
cortesã dos sentidos

tenho pássaros
tatuados nas solas do pé
quando ando esmago
cabeças & penas

não preciso de asas
meu nome é mulher

e a minha língua lenhosa
prepara uma grande fogueira

e os pássaros
ah vão arder
no meu nome


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário