sexta-feira, 25 de outubro de 2013

atrapalhando o tráfego

carlos escrevia poemas
tão fortes
que rompiam o asfalto

eu só queria que o meu

corrompesse as margens do papel


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário