quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Astrid

Astrid
tem pássaros entalados
                 na garganta

na língua um gosto
                      rançoso
                      de penas
                      brancas
confunde
do cheiro duvidoso
                da morte

ela caminha cuspindo
um passo
      um cuspe
            um passo
                  um cuspe

ela cospe caminhando
um cuspe
      um passo
            um cuspe
                  um passo


Astrid não sabe
mas não adianta
cuspir

nem caminhar


.

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário