domingo, 22 de setembro de 2013

introdometido

teu desfibrilador
      intro-metido
      cavando urgências
      no corpo silencioso e sonolento da minha


poesia


.


                                                

Nenhum comentário:

Postar um comentário