quinta-feira, 12 de setembro de 2013

carne

agora
que o verbo
se fez carne
          COMO
          posso
          domar
          minha fome?

COMO
manter-me fiel
à leitura silenciosa?

COMO
se os lábios
tintos tingem
vãos & entrelinhas
com uivos que se estendem
desde a ceia até o amanhecer


.

2 comentários: