quarta-feira, 28 de agosto de 2013

literatura russa



sem talento para o ataque
leitora assídua de poesia
deixa o sonho da esgrima
para ser engolidora de espadas
no popular circo moscou

di-versificou sua técnica
engolindo espadas, floretes & sabres
usando sensores elétricos
e luzes que sinalizam a profundidade
tocada pela arma branca

todos aplaudem
e dizem que nasceu pra isso
mas ela sabe: sua luta é outra
está no lugar errado
e bem longe de Casa:




.

Nenhum comentário:

Postar um comentário