domingo, 18 de agosto de 2013

enguias

havia peixes invisíveis no aquário
tua boca de profundezas
aquosa

licorosa

minha língua elétrica
serpente em vaporoso hálito de corais

duas enguias degladiam


língua-a-língua
          hand-to-hand

poros palatais
           papilas pineais

alta-voltagem
           alta-voragem

tubos luminosos de neón


invisível aquário
peixes coloridos
aguardando novos embates

enguias camufladas sob algas de hortelã





.

Nenhum comentário:

Postar um comentário