segunda-feira, 29 de julho de 2013

vaga-lumes

criaturas luminosas vagam na enseada
vaga-lumes discotecam sobre as ondas

mergulho
pernas & mãos
           nas funduras
                       abissais

o escuro salga meus olhos

fogos de artifício explodem sobre minha cabeça voando de vento

nado num enxame de estrelas

depois o abandono

perdida

entre sentidos
      flutuo
entre galáxias

.


Nenhum comentário:

Postar um comentário