quinta-feira, 11 de julho de 2013

nutella, janelas & a preferida


Sempre achei que São Paulo é uma cidade com muitos prédios e muitas janelas, além do que sempre há um blues se esgueirando por alguma delas, apertando o coração da gente. As janelas estão sempre chamando a gente, acho que é por isso que toda manhã me debruço aqui enquanto me lambuzo de nutella. Mas sei lá, não é sobre janelas. Ou nutella. Não hoje. É um pouco sobre essa bagunça. Caraca, o que a gente aprontou por aqui? É possível que a gente tenha bebido todas essas garrafas?... Sei lá, é um pouco sobre essa bagunça na minha vida também... Porra, queria um beque agora mas o último eu dei pra ele. Meu, eu dei muito pra ele... Olha isso! To toda roxa... Como era mesmo o nome dele?
Bom, pelo menos eu to trampando e to aqui neste apê se bem que só até X. voltar... Depois tenho de arrumar um lugar pra ficar. Eu gosto desse som que tá rolando. É pesado mas é bem massa principalmente pra fazer sexo. É, talvez ele volte pra pegar o vinil... Talvez tenha deixado de propósito e seria bom porque... Não, certeza que esqueceu. Nem vai se lembrar mais. Se pá ele aparece na loja pra pegar o sax e aí eu o atendo de novo. Bonito, o jeito que ele segura o sax. O sax já é lindo sozinho. Acho que ele come unha, não sei...
Mas quando a gente se esbarrou na esquina da Teodoro ah meu certeza que ele tava esperando a loja fechar. É eu curti. Porra, eu preciso dar um jeito na minha vida, cara... E nessa sala também. É, na sala, primeiro... O bom é que a gente nem precisou falar. O jeito, sei lá, o jeito que ele traga a fumaça do cigarro, que segura meu cabelo... Será que ele volta? Só se ele for mais loco que eu, aff to doida! Voltar pruma casa onde só tem cerveja, quer dizer não tem mais, e cinco potes de nutella na geladeira, sendo um aberto com uma colher atolada nele...
Ah mas a gente se divertiu e se pá ele vai na loja e a gente vira amigo. É... Se pá a gente vira amigo e pode conversar sobre a altura dos prédios e os zilhões de janelas e comer nutella... Por falar em janela, queria saber que música é essa que tem aqui neste cd que ele esqueceu junto com esses folhetos das lojas... Deve ser bacana porque está escrito “preferida” e dá pra ver que ele escreveu com delicadeza, olha esse “f” que perfeito!... E esse “p”!... Será que o nome dele é Pedro? Ou é Paulo? Sei lá, depois eu ouço na loja que lá tem onde tocar cd... Nossa, preciso dar um jeito nesta bagunça...
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário