terça-feira, 9 de julho de 2013

memória do traço

à memória do traço não
há esquecimento possível

a memória do traço é visível
materialidade que resiste
e insiste ao olhar vidente

da letra apagada pela borracha
na página toda rasurada pela caneta
na marca pesada nas folhas de baixo
dos lençóis amassados no meio da cama

a memória do traço sobrevive
e se oferece à decifração dos primeiros raios de sol
                                                              d'amanhã

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário