quarta-feira, 3 de julho de 2013

lírios colados com saliva



eu lírios teus
brancuras & inocências
anjos & asas de morcego
rimas de guitarra & acordes nas paredes
do quarto crescente
lua professora solo & cartas ilícitas
sorrisos de café & dedos sem digitais
cadernos deambulantes & folhas ou
tonais em jardim-de-infância
 
eu lírios teus
e mergulhar nessa leitura
é a piscina azul que sonhei (na)morar

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário