quinta-feira, 18 de julho de 2013

eu escrevo

eu escrevo
porque há em mim um excesso
porque há em mim uma luminosidade dolorosa nos olhos
porque há em mim uma chama fervente fritando meu cérebro

eu escrevo
pra não sentir
eu escrevo
pra não ver
eu escrevo
pra me extinguir


eu escrevo mesmo
porque me dói mais
chorar


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário