domingo, 7 de julho de 2013

arranha-céu russo


te escuto
te eskahlo
    e tomada sou de uma alegria
                                      sublime
                                      de pico
heroína em curso
            nas veias

braço-garrote amarrado
                       apertado
                       firmado
                       no pescoço teu
                                          tua
pés distantes da terra
                         confiantes
                                    de vôo
          l i v r e s

face a face
encontro
         íris & víris
                   incandescente luz
                        eclipse pupilar
menin* d’olhos
                dissolvidos
                em verdes & azuis

tudo é céu
        e posso te tocar deus
                                 doce
 co'a ponta
    da língua

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário