domingo, 9 de junho de 2013

do que não se explica

você trovejou-me dentro
e me obrigou a aprender
as entranhas


.

2 comentários:

  1. é coisa vascular. mesmo vascular.

    ResponderExcluir
  2. sabe, tava aqui o olhando o seu comentário e pensando pensando e cheguei numa frase... meio besta, mas é o que sobrou de mim neste caso:
    o coração é mesmo um sobrevivente...
    rs

    ResponderExcluir