quinta-feira, 30 de maio de 2013

sem título, 2013

quero dormir sobre as paredes
verticalizar-me
agarrar-me a elas com as unhas
colar meu corpo à textura fina
e deixar os pés bem longe
do chão

suspensa
     e nua claro

mas se fizer frio
enrolo-me em teias de aranha
e adormeço feliz
saciada

e aí sim quando voltar
madrugada alta e confusão
de chaves
poderá me confundir com
um quadro
      uma peça
              uma instalação

[um livro não]

e nem mesmo me ver
como todo bom curador
depois do trabalho

ou não me reconhecer
como todo bom marido
          marcar o vernissage
          com champagne e canapé
e me exibir pros seus amigos

ou finalmente perceber
que sou eu quem está ali
e talvez se perguntar
o que minha mulher está fazendo pendurada na parede?

enfim o que quer que aconteça
tanto faz
não serei mais sua
porque já terei dado pra Dali Rivera Munch Picasso Miró ah Modigliani
e Tarsila, óbvio

e todos eles terão sido bem melhores que você


.

7 comentários:

  1. Sem Título e com tempo marcado, no tempo.

    "como todo bom marido
    marcar o vernissage
    com champagne e canapé
    e me exibir pros seus amigos"

    um dia hei-de ter um bom marido,comtodosaquelespredicados.:)

    bom poema.

    suspensa
    e nua claro

    mas se fizer frio
    enrolo-me em teias de aranha
    e adormeço feliz
    saciada

    porque já terei dado pra Dali Rivera Munch Picasso Miró ah Modigliani
    e Tarsila, óbvio.

    ResponderExcluir
  2. eu já tive um marido
    um bom marido
    que teve uma secretária
    uma secretária boa

    não fomos felizes pra sempre
    nem infelizes

    só fomos

    e agora vamos
    em direções diferentes

    ele, não sei
    eu?
    eu ando sorrindo

    :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nunca tive um marido, não sei o que lhe responder...

      mas nem por isso deixo eu também de sorrir...:)

      talvez eu encontre um marido.pode confundir-me com um livro,na condição de não me colocar numa estante! :)

      Excluir
  3. hahaha... demais!
    sabe, acho que vc sacou uma coisa que eu não tinha sacado, mesmo tendo escrito... pq o poema diz "um livro não"... eh porque o marido a confundia com peças decorativas, mas não com um livro porque isso exigiria o toque... o que pelo que consta o "eu-lírico" (hahahaha) já não tinha...

    brincadeiras à parte, é muito bom ter um marido, um companheiro... tomara que vc encontre um bem tudo-de-bom, mas se não encontrar tá valendo tb porque o importante é sorrir e isso vc já está...

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  4. "tomara que vc encontre um bem tudo-de-bom",

    acordei eu hj, atrevida:

    1 TODO BOM ! não era nada mau !:P

    "é muito bom ter um marido, um companheiro... "

    pois....
    na sei na sei...
    se um dia eu tiver, venho logo aqui contar-lhe.combinado.

    ResponderExcluir
  5. a verdade é que eu tb não tenho muita certeza disso q falei... hahahaa

    ResponderExcluir