sábado, 25 de maio de 2013

limão & sal



maçã aberta
         sobre tapete rente
abelha louca lambuzan
         do mel

[te vendo 
à meia-luz 
      te vejo]
tomo teu silêncio
meus lábios vermelhos teus
hálito vaporoso de nêsperas

não me impede
pede

unhas & dentes riscam
cortina e todo babado
o corpo
          ópera longa
me alongo
braços & axilas
líricas
       línguas-poesia
sinuosas
        sonoras
                   bífidas
seios nos seios
brancura injusta 
entre rosas roxas
breve & brusco
despertar 
            ventres
entre espasmos

pasmo
me demoro
                me enrosco

anéis nos dedos
dedos nos anéis

sal & limão nas coxas
mergulho no infinito 
mar de espumas
procuro
      afundo
             avanço 
                     à ostra

e então cobro 
todas as pérolas 

que mereço


.

9 comentários:

  1. Gosto muito deste seu "limão&sal".É de sabor a framboesas.

    A excepção onde será admissível cobrar é mesmo o horizonte dos aromas e sabores.

    A conclusão do poema, é um tesouro!

    ResponderExcluir
  2. ah eu também adoro esse poema! acho suave e firme ao mesmo tempo... como tem de ser o amor, né?

    me diz uma coisa: vc é a mesma pessoa que tinha um nome de flor (difícil, não consigo lembrar) e fez uns comentários excelentes ao meus poemas (que inclusive incorporei depois!), mas precisou excluir depois?
    :)

    ResponderExcluir
  3. Eu não costumo excluir coisas bonitas da minha vida.Mas se era eu, não me recordo.Nada mesmo...

    :P

    ResponderExcluir
  4. ahh que delicado esse comentário...
    :D

    ResponderExcluir
  5. eu queria ler teus textos... certeza que vc escreve! :)

    ResponderExcluir
  6. Eu nao possuo nenhum blog se me pergunta isso.Eu nao sei criar textos....serio que nao!mas eu escrevo sim.quer dizer plo menos penso que sim ehehe

    ResponderExcluir
  7. ahhh... então tá, mas se quiser um dia começar a escrever podemos escrever cartas, assim uma para a outra... eu sempre tive vontade de fazer isso trocar cartas com alguém que não conheço... gosto muito da mariana alcoforado, vc gosta?
    vc é portuguesa? (pergunto pela grafia e pela construção sintática de alguns comentários teus)

    ResponderExcluir
  8. Uauuuu,.nossa pasmei, toda líquida...

    ResponderExcluir