segunda-feira, 13 de maio de 2013

tenho coragem de sair à rua

me deixa tentar
e se não gostar:
eu nunca tranco a porta

antes do amor
me dá você o banho
demorado
de namorado

me esfrega toda
pernas braços
seios & meios
inteira

almíscar & alfazema

deixa a água quente
muito quente
escorrer
todo meu tamanho
de longas
pernas & braços
pescoço

faz agora você
com as mãos
com a Língua
com os dentes

lava meus cabelos
raspa meus pelos

não esquece
os vãos
dos dedos

ah

depois me seca
com a toalha
branca & macia

vou molhar
de novo

e estarei limpa:
nenhum vestígio
do meu dia
acadêmico
nada do que te
aborrece

enfim pronta
pra receber
teus versos
sobre minha pele
virgem
pra te oferecer
minha flor
vermelha

úmida
pulsante
e nada
alegórica


.






Nenhum comentário:

Postar um comentário