sexta-feira, 10 de maio de 2013

da poetagem



“mimimi”...
ai que tédio de migalhas

bota nisso vulcão & lava, Poeta

me lambuza logo de fel
e me fode com tuas palavras
                                     de ódio
mas faz direitinho
até o fim

que eu não gosto de met
                                   ade
 
faz assim que eu te ensino:
olha bem pra minha cara
que eu olho bem pra tua
safada

e se me der pouco
eu grito 
          mais
          mais
          & mais

me baba 
mas baba bem
 
que quando a onda de ódio
estiver toda ela pronta
pra explodir

sussurro baixinho
no teu ouvido
toda molhada de saliva
a palavrinha mágica:

cullllllllpaaaaaa

e aí, passarinho
entre o gozo e o espanto
enfim 
você vai sacar
que quem tá te fodendo
sou eu.


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário