domingo, 7 de abril de 2013

um sonho que tive dormindo


Essa noite tive um sonho que queria transformar em algo poético, mas não consigo porque qualquer tentativa seria um arremedo do que foi. Então só vou contar porque é muito intenso pra caber dentro de mim. Havia um campo de girassóis e na direção contrária vinha veloz um trem amarelo, impossível de ser parado. Por um instante meu coração – não sei onde estava dentro dessa paisagem, mas em algum lugar ele estava lá – quase explodia de medo. Então, o trem amarelo colidia com os girassóis e era uma sensação inexplicável  (ainda consigo senti-la agora) e as pétalas se despregavam e flutuavam e havia uma explosão de tons & tintas e tudo era tão absurdamente lindo que meu coração explodia, sem medo. 
Foi o sonho mais incrível da minha vida. Tão incrível que me dá medo.


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário