terça-feira, 9 de abril de 2013

restos



isso de você que me toca
enquanto caneta, tinta & papel

é a maior proximidade que permiti a alguém
desde a última morte

só pra que tenha uma ideia dos lugares ermos que me frequentam

e porventura
e aventura
me perdoar a ironia, o deboche, o ódio e essa vontade louca
de dar na tua cara

arrancar teu cabelo
              tua barba
              tua língua

arrancar tudo

até te ver transtornado
               e transformado

em gente


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário