terça-feira, 2 de abril de 2013

máscaras de veneza


às vezes me assombra a ideia
de que por detrás da máscara
você possa ser um lobo mau
do tipo que ri do meu canto desafinado
ou que boceja o tédio de minhas letras

para seu próprio bem
cuide para que a maldade não domine
a alcatéia do teu olhar

caso contrário
espero que entenda: 
eu e teu eu-lírico
          juntos
te daremos uma surra


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário