quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

porque não se trata de farsa



o Poeta teria mais de mim se me apresentasse a ele
sem máscaras?
sem o conjunto ilimitado de eus que guardam 
                                                   [o segredo]?
sem as agulhas linhas e tecidos com que costuro coisas
                                                                                 & eventos desconexos?

não.

essência e verdade são intocáveis
não se pode acessá-las sem pagar com a vida

mas aparência e ficção não se separam delas
antes, fundam um limiar
uma zona de acesso
um lugar suspenso entre o fora e o dentro

uma câmara para poucos sobreviventes

ficção é o nome
da nudez que reveste os meus vestidos
e que só se desvela a quem tem olhos para ver o



.

Nenhum comentário:

Postar um comentário