segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

mergulho



mergulho minhas águas
nas tuas

verdes & azuis infinitos
douram a superfície líquida do nós

...somos...

nada além
do degelo delicado do passado

nada além
do suave silêncio do futuro

vertigem
ebulição
[um tubarão nos atravessa]

arco-íris de rastros
cintilâncias & reticências
mar de asas que se abraçam

...somos...
nós novamente
verdes & azuis infinitos

[agora um pouco mais atentos]



.

Nenhum comentário:

Postar um comentário